Em carta, Tasso não pede votos para Serra

Senador aproveita ainda para alfinetar Lula citando os recentes escândalos e falta de ética na política

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O senador Tasso Jereissati (PSDB) divulgou carta aos eleitores cearenses pedindo sua reeleição, votos para Alexandre Pereira (PPS) para a outra vaga no Senado e para Marcos Cals (PSDB) para o governo do Estado. Na carta dirigida aos cearenses, Tasso não menciona pedido de votos para o presidenciável tucano José Serra.

No documento, Tasso diz ainda que não tem padrinho político. "Não preciso de padrinho político, ao contrário dos demais candidatos", escreveu, em referência aos candidatos José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) que se apresentam como candidatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Tasso aproveita ainda para alfinetar Lula. "Atuo de forma independente, denunciando escândalos, criticando a falta de ética na política, mas nunca neguei apoio que considero correto". Para o tucano, "no momento em que a troca de favores e de cargos é regra na política, meu modo de agir incomoda muita gente, que não aceita opiniões divergentes".

Tasso lidera todas as pesquisas de intenção de votos, mas está encostando em seus principais concorrentes, com diferença de apenas cinco pontos percentuais.

    Leia tudo sobre: eleições cetasso jereissati

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG