Em caminhada no Recife, Jarbas é surpreendido por ex-aliado

Senador falou sobre o apoio de 14 dos 17 prefeitos tucanos do Estado para o rival, Eduardo Campos

Thaisa Lisboa, iG Pernambuco |

O senador e candidato ao governo de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB), fez sua primeira caminhada pública, nesta segunda-feira (26). Juntamente com a candidata a vice, Miriam Lacerda (DEM) e o candidato Raul Jungmann (PPS), o peemedebista andou pelas ruas da comunidade de Skylab, no bairro de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife.

O descaso com a rua, uma das principais da comunidade, chocou os presentes pela enorme quantidade de lixo e lama. “Quando eu reclamo, dizem que isso é político”, disse. Essa foi a primeira atividade do candidato revelada à imprensa. Até a semana passada, ele não divulgava a sua agenda política para a mídia local.

Ainda na ocasião, o senador deu a entender que ficou sabendo naquele momento que o ex-prefeito de Gravatá, a 85 km de capital, Joaquim Neto (PSDB) aderiu à candidatura à reeleição do governador Eduardo Campos (PSB). Joaquim Neto foi mais um dos tucanos que passou a apoiar o socialista nos últimos dias. Dos 17 prefeitos do PSDB em Pernambuco, 14 já estão com Eduardo. O que não está confirmado é posição do atual prefeito de Gravatá, Ozano Brito (PSDB). Brito é aliado de Joaquim Neto que, por sua vez, manteve uma aliança política com Vasconcelos durante 12 anos.

A notícia da mudança de palanque veio à tona após Jarbas declarar que o atual Governador vem cooptando prefeitos do campo da oposição nos últimos 30 dias. A afirmação aconteceu neste domingo (25), em visita feita pelo peemedebista ao município de Canhotinho, no Agreste.

No evento desta segunda, Jarbas reafirmou que Campos está cooptando prefeitos da base oposicionista. “O Ministério Público e a Justiça Eleitoral devem investigar a cooptação, pois isso é crime eleitoral”, afirmou. Essa não foi a primeira vez que o senador peemedebista repreendeu o uso da máquina pública na campanha socialista.

    Leia tudo sobre: Jarbas vasconcelosPSDBPSBPMDBPernambuco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG