Candidato tucano ao governo critica rival e lembra que teve mais de 450 mil votos a mais que a petista

O candidato do PSDB ao governo do Pará, Simão Jatene, criticou o gestão da adversária, Ana Júlia Carepa (PT) e as articulações da campanha petista, em programa e rádio nesta quarta-feira em Belém (PA). Jatene afirmou que os quase 450 mil votos a mais que obteve em relação à adversária no primeiro turno, seriam "um basta do povo a continuidade deste governo".

O candidato disse que "espera ampliar esta diferença no segundo turno." Mas, ponderou que "nenhuma eleição é definida antes da apuração de votos". Jatene criticou também as articulações políticas do PT na coligação "Acelera Pará," que reúne 14 partidos políticos, mas perdeu diversos aliados, entre lideranças e deputados eleitos, que preferiram apoiar a campanha do PSDB.

O candidato tucano foi governador do Estado entre 2003 e 2006. Durante a entrevista, Jatene falou sobre os desafios de um novo mandato e se diz preocupado com a situação em que vai encontrar o governo, caso seja eleito dia 3.

“Não temos clareza de como vamos receber o governo, mas temos um indicativo, através de informações que chegam a nós e também pelo que estamos vendo na forma de administrar que aí está,” afirmou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.