Eleições foram concluídas em 44 cidades no exterior

Últimos brasileiros que vivem no exterior a votar serão os moradores de São Francisco, nos Estados Unidos

Priscilla Borges, iG Brasília |

Até as 13h, o processo de votação para presidente da República no exterior terminou em 44 cidades de 32 países onde residem brasileiros. Ao todo, pouco mais de 21 mil eleitores estavam cadastrados para votar para presidente da República nesses países.

Os primeiros eleitores a votar foram os moradores da cidade de Wellington, na Nova Zelândia. A votação no país começou às 17 horas deste sábado. 

As 44 cidades estão em 32 países diferentes: Nova Zelândia, Austrália, Coréia, Japão, Timor Leste, Cingapura, China, Filipinas, Hong Kong, Malásia, Taiwan, Tailândia, Indonésia, Índia, Emirados Árabes e Rússia. As últimas a concluírem foram as cidades de Moscou, Abu Dhabi, Catar, Arábia Saudita, Kuaite, Kênia, Turquia, Romênia, Líbano, Egito, Jordânia, Grécia, Finlândia, África do Sul, Israel, Moçambique, Síria e Territórios Palestinos.

Os últimos brasileiros que vivem no exterior a votar serão os moradores de São Francisco, nos Estados Unidos. A votação na cidade norte-americana começou às 13 horas de Brasília. O maior colégio eleitoral brasileiro fora do País está em terras norte-americanas. Há mais de 66 mil eleitores cadastrados para votar em dez cidades. Nova York é a cidade com mais eleitores: 21.076. 

No mundo todo, 154 cidades terão votação para presidente brasileiro. Como no Brasil, os eleitores terão entre 8 horas e 17 horas em cada país para votar. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal é o responsável pela organização da votação no exterior.

    Leia tudo sobre: eleiçõsTSEvotação exterior

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG