Eduardo Campos promete pacto pela saúde no próximo governo

Candidato à reeleição também fala sobre educação e diz que vai criar escolas técnicas em cidades com mais de 40 mil habitantes

Thaisa Lisboa, iG Pernambuco |

O governador Eduardo Campos, candidato à reeleição, disse que sua prioridade número um para sua segunda gestão seria um “Pacto pela Saúde”. A declaração foi feita durante entrevista à rádio CBN da capital pernambucana.

O governador reconheceu que sua gestão ainda precisaria avançar mais nesta área. Falou que contratou muitas pessoas, e que mudou a forma de gestão em alguns hospitais, mas que é preciso muito mais. Eduardo enfrentou várias crises no setor neste governo, com demissão voluntária dos médicos plantonistas, e com várias paralisações.

Campos explorou o tema saúde na eleição de 2006, inclusive propondo a construção de três hospitais na Região Metropolitana do Recife, como forma de diminuir o fluxo de pacientes nas principais emergências do Recife.

Na entrevista, disse também que não estava preocupado com as acusações de seu adversário, Jarbas Vasconcelos, de cooptação de prefeitos. Fez questão de dizer que estava olhando para frente, que está sendo o tom do debate que tenta impor. Disse que entendia o fato de que vários prefeitos se juntem ao seu palanque, até porque faziam parte do antigo palanque de seu avô, o ex-governador Miguel Arraes.

Por fim, Eduardo Campos reconheceu que seu governo precisaria voltar seu foco para a educação. Reconheceu que o salário dos professores é muito baixo, mas disse que foi preciso arrumar o setor e as escolas. Disse que o seu objetivo é fazer uma escola técnica em cada cidade com mais de 40 mil habitantes.

    Leia tudo sobre: eleições peeduardo campos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG