Coordenador do programa de Geraldo Alckmin, deputado José Anibal, critica campanha de Mercadante em São Paulo

O deputado federal José Anibal (PSDB-SP), coordenador do programa de Geraldo Alckmin, afirma que a candidatura de Aloizio Mercadante permanece no mesmo patamar porque o candidato faz uma campanha focada nas críticas ao governo tucano em São Paulo e não em propostas. “É uma campanha de crítica a nós. Não é uma campanha de projetos”, diz Anibal, referindo-se à pesquisa Vox/Band/iG de São Paulo, divulgada nesta segunda-feira.

Segundo Anibal, o percentual de votos que Dilma recebe no Estado, atualmente em 31%, não deve ser atingido de maneira fácil por Mercadante.

“Há uma convergência entre o Serra e o Geraldo que não há entre a Dilma e o Mercadante. Ela é uma candidata artificial, que dificulta uma relação entre os dois para o eleitor”, diz o deputado.

O candidato também criticou a candidatura de Paulo Skaf. “Apesar de toda a exposição dele na mídia, a candidatura não vai para frente. Ele pegou uma carona na FIESP (Federação das Indústrias do Estado de SãoPaulo), mas não deslanchou".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.