Dutra convoca 'onda vermelha' para eleger Dilma em primeiro turno

No comício de Aracaju, presidente nacional do partido lembrou a campanha de 2002 e disse que 'a esperança venceu o medo'

Daniela Almeida, enviada a Aracaju |

No comício desta noite em Aracaju (SE), o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, foi escalado para defender a candidata do partido à Presidência da República, Dilma Rousseff. Referindo-se à reta final da disputa de 2010, Dutra lembrou que naquele mesmo local, há exatos oito anos, ocorreu um dos últimos comícios da vitoriosa campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva.

"Na época, o PSDB fez a campanha do medo, que se usava as declarações da (atriz) Regina Duarte. Agora eles voltaram com o mesmo tipo de mentira. Há oito anos a esperança venceu o medo e elegeu presidente o primeiro operário do Brasil. Agora vamos eleger a primeira mulher presidente do Brasil", sentenciou


Dutra convocou todos os militantes do partido para promover uma "onda vermelha" até as eleições, fazendo com que Dilma seja eleita no primeiro turno. “Nestes quatro dias que faltam para as eleições, vamos sair às ruas”, conclamou. Mais de 9 mil pessoas, segundo organização, compareceram ao comício.

Arrastão
No fim do comício houve um arrastão, e várias pessoas pessoas foram assaltadas, como Bárbara Toledo, de 22 anos, que teve roubados óculos, carteira e celular. Várias pessoas tiveram seus objetos furtados, segundo policiais da Delegacia Plantonista Sul da capital sergipana, onde as ocorrências foram registradas.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG