Disputa pelo 2° turno divide oposição no MA

Boatos de renúncia de candidatura de Lago irritam pedetistas, que alegam especulações por parte de partidários de Dino

Wilson Lima, iG Maranhão |

A possibilidade cada vez maior de um segundo turno nas eleições do Maranhão divide o bloco de oposição ao grupo Sarney no Maranhão e contribui para o aumento no clima de animosidade entre os militantes dos candidatos Jackson Lago (PDT) e de Flávio Dino (PCdoB). Os dois disputam uma eventual vaga no segundo turno com a governadora Roseana Sarney (PMDB), líder nas pesquisas.

O último round dessa disputa foi o surgimento de um boato de que o pedetista estaria disposto a renunciar de sua candidatura diante da possibilidade de cassação de seu registro de candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nessa hipótese, Lago colocaria em seu lugar a esposa, Clay Lago. O candidato, no entanto, tem reafirmado em comícios e entrevistas que é candidato e que não pensou nessa possibilidade.

Os correligionários do PDT, no entanto, atribuíram esse boato a partidários de Flávio Dino. Além disso, o próprio Dino acirrou a disputa na sua propaganda eleitoral gratuita quando passou a utilizar o bordão “esse ninguém cassa”, em referência à impugnação da candidatura do pedetista no TSE. O comunista afirmou em um blog de São Luís que a oposição está unida contra uma eventual vitória do grupo Sarney. “O pacto, firmado há três meses, está mantido. Seja qual dos dois que passar, um terá o apoio do outro”, declarou Dino.

A última pesquisa Ibope/TV Mirante, divulgada dia 17 de setembro, a governadora do Estado estava na frente com 46% das intenções de voto, contra 21% de Jackson Lago e 21% de Flávio Dino. O total de indecisos no MA, conforme o Ibope, era de 13%. A oposição aposta justamente nos indecisos para levar as eleições para o segundo turno no Estado.

    Leia tudo sobre: eleições maroseana sarneyflavio dinojackson lago

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG