Dilma sobre rivais: ¿Eles são enganosos¿

Sem citar José Serra e Indio da Costa em comício no Rio, presidenciável do PT sobe o tom contra adversários

Flávia Salme, iG Rio de Janeiro |

Durante comício na Cidade de Deus, favela pacificada na zona oeste do Rio, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff , chamou seus principais adversários na campanha de “enganosos”. A acusação foi feita quando ela enaltecia programas de governo como o ProUni (que garante bolsa de estudo para estudantes carentes em universidades particulares).

“Os aliados que eles ( José Serra e PSDB) têm, o DEM, entraram na Justiça para acabar com o ProUni, para acabar com a oportunidade dos jovens pobres estudarem em uma universidade privada”, afirmou. “Esses que falam, falam, falam, e quando podem fazem contra o povo, vocês prestem atenção: eles são enganosos”.

Em sua fala Dilma não citou o nome do adversário tucano, José Serra, nem de seu vice, Indio da Costa (DEM), que acusou o PT, seu partido, de ligação com as FARCs. Mas a ex-ministra disse que faz parte de “outra categoria” de políticos: “Nós somos aqueles que fizemos. Que quando puderam mais, porque estavam no governo, fizeram mais”, afirmou. “O Sergio Cabral ( governador do Rio que tenta a reeleição ) é dessa categoria, o Lula é dessa categoria, e eu tive a honra de ser dessa categoria no governo do presidente Lula, dos que quando puderam mais, fizeram mais”.

Durante o comício Dilma falou por 21 minutos. Após o evento, ela seguiu para Brasília, segundo sua assessoria. Mais cedo, ela foi sabatinada por jovens de comunidades carentes a convite da Cufa (Central Única das Favelas). Ela foi questionada sobre o sistema de cotas e sobre a proposta de universalização da banda larga.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG