Dilma refuta ligações com quebra de sigilo de tucano

Em entrevista a emissora estatal, candidata petista fica irritada com pergunta sobre produção de supostos dossiês contra tucanos

Agência Estado |

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, reagiu hoje com contrariedade às insinuações sobre envolvimento de petistas na quebra de sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas. Ao ser questionada, em entrevista ao programa "3 a 1", da TV Brasil, se a equipe de sua campanha estaria produzindo dossiês contra os tucanos, Dilma não escondeu a irritação.

"Quem deduzir isso está fazendo ilações infundadas, está jogando acusações sem prova e está, sobretudo, cometendo injúria e difamação", afirmou a petista. "Este tipo de dedução só leva à criação de um ambiente de pouca seriedade no Brasil". Sem citar o nome do candidato do PSDB, José Serra, Dilma insistiu em que acusações sem prova tendem a beneficiar "alguém" no processo eleitoral.

Acontece no dia 26 de julho o 1º Debate On-Line Presidenciáveis 2010 . Saiba aqui como participar.

    Leia tudo sobre: eleiçõesdilmatucanos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG