Mobilização será descentralizada nessa reta final de campanha no Estado

A executiva estadual do PT no Maranhão acredita que a presidenciável Dilma Rousseff (PT) terá condições de obter pelo menos 75% dos votos válidos no Estado. A informação foi dada hoje pelo presidente da executiva estadual do partido, Raimundo Monteiro.

Segundo Monteiro, neste segundo turno o grande foco foi a busca dos votos que Marina Silva (PV) teve no primeiro turno em todo o Estado. Em 03 de outubro, Marina obteve 13,59% dos votos contra 15,09% de José Serra (PSDB) e 70,65% de Dilma. “Acredito que a votação de Dilma na casa dos 70% não diminuirá. Agora, precisamos buscar outros votos. Nesse turno, existem muitos partidos trabalhando em prol da Dilma e vários ex-candidatos que agora tem como foco a campanha dela”, destacou Monteiro.

O principal cabo eleitoral de Dilma no Estado é a governadora reeleita Roseana Sarney (PMDB). Roseana tem realizado reuniões com quase todos os prefeitos do Estado para ajudar a ampliar a vantagem de Dilma. Uma aposta de Roseana está na redução do número de abstenções no Estado, que no primeiro turno foi de 23%.

Nessa reta final de campanha, os petistas realizam nesta quinta-feira, carreata em diversos bairros de São Luís. Na sexta-feira, o vice-governador eleito, Washington Oliveira (PT), tem reuniões com lideranças políticas em Caxias, Santa Inês, entre outras cidades, como forma de descentralizar a campanha da Dilma no Estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.