Dilma pede para militância não se acomodar por causa de pesquisas

A candidata à Presidência da República demonstrou otimismo horas antes da divulgação de uma nova pesquisa de intenção de voto

Andréia Sadi, enviada ao Rio Grande do Sul |

nullA candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), demonstrou estar otimista à espera do resultado de mais uma pesquisa Datafolha, previsto para hoje. Em discurso durante inauguração de um comitê de campanha na capital gaúcha, a petista chegou a demonstrar preocupação com uma possível acomodação dos cabos eleitorais e reiterou: “Não quero ninguém de salto alto.”

“Seja o que seja que apareça nas pesquisas, mesmo quando forem boas, nós não acreditamos que se ganha eleição com pesquisa. Somos macacos velhos. Isso é uma briga de projetos, não é pessoal”, afirmou.

Questionada por jornalistas durante entrevista coletiva, Dilma voltou a recomendar cautela antecipada para evitar acomodação da militância. “Estou convocando o pessoal para a campanha eleitoral, para não ficar numa situação de acomodamento ( sic ). Não que eles estejam, mas, para evitar”.

    Leia tudo sobre: Eleições Dilmapesquisaseleições RS

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG