Dilma nega diminuição no ritmo de campanha

A candidata do PT afastou a possibilidade de diminuir a sua exposição a pouco mais de um mês do primeiro turno da eleição

Andréia Sadi, enviada à Bahia |

Com larga vantagem apontada pelas pesquisas de intenção de voto, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, negou que pretenda diminuir o ritmo de campanha no que seria uma estratégia para evitar exposição a quase um mês da eleição.

"O ritmo é o que vem sendo. Estou indo para o quinto, sexto comício desta semana", afirmou a candidata, em entrevista de cerca de cinco minutos no aeroporto de Salvador, de onde partiu para mais um compromisso, dessa vez em Recife (PE), acompanhada do presidente Lula.

Questionada se o seu projeto é de quatro ou oito anos, Dilma disse: ”Meu projeto político é ficar quatro anos. Na próxima eleição, eu digo meu projeto. Estou disputando uma eleição no dia 3 e o povo só pode dar um mandato."

    Leia tudo sobre: Eleições Dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG