Dilma e Serra citam Petrobras no horário eleitoral

Os dois presidenciáveis repetiram neste sábado programas veiculados anteriormente na televisão

Agência Estado |

Os candidatos à Presidência Dilma Rousseff, do PT, e José Serra, do PSDB, repetiram no horário eleitoral da tarde deste sábado programas já exibidos anteriormente. A campanha de Dilma colocou no ar o mesmo programa da noite do dia 14 e da tarde do dia 15, exaltando seu papel como primeira mulher a ocupar no Brasil o cargo de ministra de Minas e Energia e de presidente do conselho de administração da Petrobras.

Dilma reiterou ser contra a privatização da estatal brasileira de petróleo e das reservas de pré-sal. "Essa é a grande diferença entre o nosso projeto de governo e o projeto da turma do contra. Nós acreditamos que o fortalecimento das nossas empresas é bom para todo o povo brasileiro. Eles só pensam em vender o patrimônio público", disse a candidata petista.

Serra voltou ao horário eleitoral com o mesmo programa da noite de sexta-feira. Ele se defendeu de acusação da adversária, que havia dito que o PSDB só pensa em "vender o patrimônio público", referindo-se à sigla como "turma do contra". "Isso é típico. Na véspera da eleição, o PT sempre inventa coisas para confundir o eleitor", afirmou Serra. De acordo com o candidato, nos últimos 25 anos todos os presidentes realizaram privatizações. Serra prometeu que, num eventual governo seu, irá fortalecer as empresas públicas, com destaque para a Petrobras, o Banco do Brasil e a Caixa.

    Leia tudo sobre: eleições dilmaeleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG