Dilma e Marina gastam mais com programas de rádio e TV

Prestação de contas petista mostra gastos de R$ 4,3 mi com produção de programas para rádio e TV; Marina aplicou R$ 1,3 mi

Severino Motta, iG Brasília |

Os maiores gastos das campanhas Presidenciais apresentados pelos partidos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram com a produção de programas de rádio e televisão. O Comitê Financeiro do PT informou gastos de R$ 4,3 milhões nesta modalidade. O Partido Verde apresentou uma conta de R$ 1,3 milhão. O PSDB não revelou gastos nesta rubrica, o que deve ser feito na próxima prestação parcial de contas, que acontece no dia seis de setembro.

Na prestação do PT, da candidata Dilma Rousseff , constam gastos de R$ 1,5 milhão para a criação e inclusão de site na internet, R$ 789 mil com eventos para promoção da candidatura, R$ 141 mil foram usados em despesas com pessoal e R$ 163 mil em serviços prestados por terceiros.

A prestação do PV, da candidata Marina Silva , mostra gastos de R$ 1,1 milhão com publicidade por materiais impressos, R$ 1 milhão em serviços prestados por terceiros e R$ 4,6 mil com a contratação de pesquisas eleitorais.

No material enviado pelo PSDB de José Serra à Justiça Eleitoral o maior gasto está sob a rubrica de serviços prestados por terceiros, com R$ 1,2 milhão. O valor aplicado na campanha também revela o uso de R$ 654 mil para transporte ou deslocamento, R$ 472 mil em publicidade por materiais impressos e R$ 42,9 mil na cessão ou locação de veículos.

Ao todo, a campanha de Dilma arrecadou R$ 11,6 milhões e gastou R$ 10,1 milhões. A de Marina obteve R$ 4,6 milhões e usou R$ 3,5 milhões e a de José Serra conseguiu angariar R$ 3,6 milhões e aplicou R$ 2,6 milhões.

    Leia tudo sobre: eleiçõesdilmaserramarinaprestação de contas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG