Dilma diz que aposta tucana na ingenuidade do povo é elitista

A candidata do PT disse que, ao contrário do que parece pensar a oposição, o povo tem senso crítico, lembrança e memória

Andréia Sadi, enviada ao Espírito Santo |

Agência Estado
A candidata do PT à Presidência da Dilma Rousseff, faz campanha ao lado do senador Magno Malta (PR-ES), no centro de Vitória (ES)
A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, votou a criticar o tucano José Serra, pela tentativa de associar sua campanha à continuidade do governo Lula, utilizando o nome e a imagem do presidente na propaganda do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. “O eleitor não é ingênuo. Eles vão se equivocar mais uma vez", disse Dilma, apostando no insucesso da estratégia do adversário, quando questionada sobre a possibilidade de o eleitor confundir quem seria o candidato do Lula.

Dilma disse que assusta a dinâmica de “criticas pesadas" à tarde e, depois, à noite, fazerem uso de Lula no programa político. "É arriscado essa tentativa que parece supor que nosso povo é ingênuo ou uma visão elitista que supõe que nosso povo não tem senso critico. Eles vão se equivocar (..) Tem senso crítico, lembrança e memória," afirmou.

.

    Leia tudo sobre: Eleições DilmaEleições ESpleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG