Dilma repudia vídeo postado contra ela na internet

Candidata do PT à Presidência da República diz que material não contribui para a melhoria do debate

Andreia Sadi, iG Brasília | 24/09/2010 20:56

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, repudiou nesta sexta-feira o vídeo postados na internet contra a sua candidatura. Na avaliação da candidata, o material não contribui em nada para a melhoria do debate.

“Eu acho que quem faz esse tipo de coisa mancha a si mesmo. Não é uma prova de bom comportamento na eleição, que é um momento que tem que respeitar o eleitor para debater a capacidade de gestão”, disse a candidata, acrescentando que os fatos provam a capacidade de gestão, e não a soberba de uma pessoa.

Sobre a captação de recursos da Petrobrás, Dilma disse tratar-se de "um momento histórico no Brasil", porque mostra que o Brasil mudou de patamar. "Não somos mais aquele país que pensava pequeno e olhava a Petrobrás como uma empresa que, para atrair capital, tinha que mudar o ‘brás’. Não precisamos mudar para ‘brax’", afirmou, referindo-se à ocasião em que foi cogitada a mudança de nome em prol do posicionamento da empresa no cenário global.


Sobre a saída de sua ex-auxiliar Erenice Guerra do Ministério da Casa Civil, Dilma disse que concorda com o presidente, que afirmou que Erenice perdeu uma grande oportunidade, porque a declaração diz respeito ao que ela sempre defendeu, ou seja, a não contratação de parentes e amigos para cargos do governo.

Sobre o tom enfático com que tem respondido às acusações e denúncias contra ela recentemente publicadas na mída, a candidata disse ser a favor da liberdade de imprensa, mas ponderou que precisa se defender.
 

    Notícias Relacionadas



    Busca Por Candidatos

    Ver de novo