DEM não deve se ¿queixar de nada¿, diz Dilma sobre fala de Lula

Candidata do PT disse que DEM não deve se queixar de Lula ter pedido a extirpação da sigla da política brasileira

Severino Motta, iG Brasília |

nullA candidata à Presidência do PT, Dilma Rousseff, disse nesta terça-feira que o DEM não deve “se queixar” pelo fato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter dito em comício a seu lado que deseja ver o partido adversário ser extirpado da política nacional. “Para quem disse que queria acabar com minha raça não dá para queixar de nada”.

A candidata se referiu a frase do ex-presidente do DEM (então PFL), Jorge Bornhausen, que à época do mensalão disse que o episódio acabaria com a “raça” petista, que ficaria fora da política por 30 anos.

“Eu sou do PT. Sou sobrevivente de um processo de extermínio”, afirmou Dilma.

A candidata ainda disse que vai derrotar o DEM nas urnas e alegou que na época do mensalão, em 2005, os adversários políticos tentaram dar um golpe no governo. “Estamos falando que ganharemos deles no voto. É diferente do que eles queriam fazer conosco, eles queriam ganhar no golpe, nós vamos ganhar no voto”.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições dilmapleiro 2010raçademextirpar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG