DEM indica Valéria Franco como vice de Serra, mas ela resiste

Ex-vice-governadora do Pará, que agrada cúpula tucana, prefere disputar o Senado

Adriano Ceolin, iG Brasília |

O presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia (RJ), indicou formalmente a jornalista Valéria Franco, ex-vice-governadora do Pará, como candidata a vice-presidente da República na chapa de José Serra (PSDB). Ela, no entanto, resiste porque prefere disputar uma cadeira no Senado.

O nome de Valéria agradou a cúpula do PSDB. Presidente do partido e coordenador-geral da campanha, o senador Sérgio Guerra (PE) chegou a cogitar a hipótese de anunciá-la nesta quarta-feira. No entanto, Serra ainda não falou com Valéria.

Segundo o iG apurou, ainda não há segurança no DEM e no PSDB de que Valéria irá aceitar a vaga. Ela tem grandes chances de vencer a eleição para o Senado e não quer se arriscar numa eleição em que até agora a concorrente de Serra, Dilma Rousseff (PT), aparece como favorita.

Maia não quis confirmar a indicação de Valéria, mas admitiu que ela é um opção do partido para ocupar o posto de vice na chapa de Serra. “É um bom nome, mas já está com sua campanha para o Senado pronta”, afirmou.

Mulher do deputado federal Vic Pires Franco (DEM-PA), Valéria teria grandes chances porque seus principais concorrentes ao Senado, Paulo Rocha (PT) e Jader Barbalho (PMDB), podem ficar fora da disputa por causa da lei da Ficha Limpa (ambos enfrentam problemas judiciais).

Outro nome que surgiu como vice de Serra é a vereadora carioca Patrícia Amorim (PSDB), que é também presidente do Flamengo. Ela, no entanto, não agrada Rodrigo Maia nem Cesar Maia (DEM), ex-prefeito do Rio de Janeiro.

Oficialmente, o presidente do DEM prefere não falar em veto. Contudo, ressalta: “O caminho natural é que o DEM fique com a vaga de vice”.

O partido só abriria mão da vaga se o ex-governador mineiro Aécio Neves (PSDB) quisesse o posto.

    Leia tudo sobre: serraviceeleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG