DEM diz que programa está dentro da lei; PT reage

Partido da oposição colocou pré-candidato do PSDB como estrela do programa na TV que foi ao ar hoje, mas PT diz que foi propaganda

Andréia Sadi, iG Brasília |

O secretário de Comunicação do PT, André Vargas, acusou a oposição de "hipocrisia" por ter levado ao ar o pré-candidato do PSDB, José Serra, como estrela do programa na TV do DEM nesta quinta-feira. Segundo Vargas, o PT pode entrar com uma nova ação contra o partido para questioná-los sobre o conteúdo da propaganda. “ Eles fizeram a mesma coisa do que nos condenam. Fizeram um programa repercutindo o que está fora de contexto”, acusou.

O programa levou ao ar imagens e o discurso de Serra durante o pré-lançamento de sua campanha, no dia 10 de abril, em que o DEM estava na condição de partido aliado. Mais cedo, o PT tentou sem sucesso convencer o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a tirar do ar o programa. O PT tentou justificar que o partido de oposição faria propaganda antecipada em favor do tucano, mas a ação cautelar foi rejeitada.

O presidente do DEM, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), negou que o programa tenha características de propaganda antecipada e garantiu que o partido agiu dentro da lei. “É natural que o nosso programa mostre a conexão com o momento que estamos vivendo. Ele é o nosso pré-candidato. Se o PT entrar com ação, vamos fazer defesa de forma bem clara. É direito deles”, afirmou.

Com o programa, o comando da campanha espera alavancar a pré-candidatura de Serra com uma superexposição da imagem do tucano. A estratégia pretende reverter as últimas pesquisas de intenção de voto em que Serra apareceu empatado com a pré-candidata petista, Dilma Rousseff. “ Se o Serra não subir agora, com esta super exposição, qual vai ser a justificativa da oposição? “, ironizou Vargas.

Pelo Twitter, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, também criticou o programa do DEM e disse que o partido "debochou" do tribunal. "Para o DEM,o crime compensa","DEM infringe a lei","Serra pode ter registro impugnado". Veremos essas manchetes amanhã?", postou Dutra.

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffJosé SerraDEMPT

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG