DEM confirma aliança com PTB no Rio Grande do Sul

Coligação será referendada em convenção do PTB, marcada para o dia 30

Agência Estado |

O DEM do Rio Grande do Sul confirmou hoje, em convenção na capital gaúcha, que não terá candidato às eleições majoritárias e que vai formar um bloco parlamentar com o PTB. Os dois partidos vão montar coligação para disputar vagas na Câmara Federal e, mesmo que concorram separados, querem que os deputados estaduais que conseguirem eleger vão atuar em conjunto na Assembleia Legislativa a partir de 2011.

O PTB, que também não lançará candidato ao governo do Estado, marcou sua convenção para o dia 30, quando deve referendar o acordo com o DEM. Os dois partidos prometem resistir ao assédio de outras siglas e não declarar apoio formal, no primeiro turno, aos candidatos ao Palácio Piratini.

O DEM gaúcho vai trabalhar pela eleição de José Serra (PSDB) à Presidência da República. O PTB, que tem entre seus filiados simpatizantes do tucano e também da petista Dilma Rousseff, vai liberar a militância.

As convenções gaúchas prosseguem neste final de semana. Amanhã, o PMDB e o PDT confirmam a aliança para disputar o governo do Estado com José Fogaça (PMDB), enquanto o PT referenda a candidatura de Tarso Genro. No domingo é a vez do PSDB formalizar a candidatura de Yeda Crusius à reeleição.

    Leia tudo sobre: DEMPTBcoliçãoRS

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG