DEM ainda reivindica vaga de vice, diz Guerra

Presidente do PSDB afirma que a influência que o senador Álvaro Dias teria na costura das alianças no Paraná pesou na escolha

Agência Estado |

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), confirmou que o partido indicou o nome do senador Álvaro Dias (PR) para ser o candidato a vice-presidente na chapa de José Serra. Guerra, disse, porém, que a escolha ainda não está fechada porque o DEM, principal partido aliado dos tucanos, ainda reivindica a indicação do candidato a vice.

Sérgio Guerra viajou nesta tarde para Sergipe com o presidente do DEM, Rodrigo Maia (RJ). Os dois conversam sobre a escolha do vice. "O PSDB sugeriu o nome de Álvaro Dias. Mas temos que conversar com o DEM, que ainda reivindica a vaga", disse Guerra.

O presidente tucano contou ainda que o nome de Álvaro Dias foi escolhido pelo partido hoje. O senador paranaense estava em Brasília, pela manhã, quando foi chamado, às pressas, para ir à capital paulista conversar com a cúpula tucana. Depois da conversa, Sérgio Guerra foi ao Rio de Janeiro se encontrar com Rodrigo Maia e Álvaro Dias partiu para Cuiabá (MT), onde haverá, neste sábado, a convenção regional do PSDB.

"Álvaro dias é um excelente parlamentar, se comunica muito bem, pacifica o partido e tem estatura política para o cargo", disse Guerra ao resumir quais os critérios usados na escolha do senador paranaense.

Segundo Sérgio Guerra, a influência que o senador teria na costura das alianças no Paraná também pesou na decisão de escolhê-lo para ser o candidato a vice-presidente. Lá,o irmão de Álvaro Dias, o senador Osmar Dias (PDT), negocia ser candidato ao governo ao lado do PT e do PMDB, mas admite abrir mão da disputa pelo governo e concorrer ao Senado ao lado dos tucanos porque o acordo na família é de que os irmãos nunca estejam em lados opostos.

Se o DEM não aceitar a indicação de Álvaro Dias para ser vice, Sérgio Guerra afirmou não saber quem será o candidato. "A partir daí, não sei nada".

    Leia tudo sobre: PSDBDEMcampanha eleitoralJosé Serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG