De volta ao RS, Serra investe no PMDB dissidente

Tucano tenta selar aliança com PMDB gaúcho. Grupo do partido que apoia a candidatura Dilma Rousseff (PT) é minoritário

Adriano Ceolin, iG Brasília |

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, reuniu-se há pouco sete dos nove deputados estaduais do PMDB gaúcho. O tucano está em Porto Alegre para ampliar seus apoios no Estado do Rio Grande do Sul. Em nível nacional, o PMDB já anunciou que fechará com Dilma Rousseff (PT) e indicará como vice Michel Temer.

AE
Serra no encontro com a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul
O encontro entre Serra e os peemebistas gaúchos ocorreu na sala da bancada do partido na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. A informação é do deputado estadual Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS). “Independentemente da questão nacional, vamos fechar a aliança pró-Serra aqui no Sul”, disse.

É segunda vez em menos de um mês que Serra vai ao Rio Grande do Sul e se encontra com integrantes do PMDB gaúcho. Há três semanas, ele esteve nas cidades de Santa Rosa e Santa Maria, onde foi recebido pelo prefeito Cezar Schirmer (PMDB). Os dois fizeram corpo-a-corpo juntos pelas ruas.

Marquezan não vê problemas no fato de os partidos serem adversários na disputa estadual. O PSDB vai tentar reeleger a governadora Yeda Crusius e o PMDB já lançou o ex-prefeito de Porto Alegre José Fogaça. “Aqui nosso adversário comum é o PT”, disse Marchezan Júnior. O candidato petista ao governo gaúcho é o ex-ministro Tarso Genro.

Serra resolveu abrir o canal direto com os deputados estaduais porque o presidente do PMDB gaúcho, senador Pedro Simon, deu declarações favoráveis à candidatura de Dilma. Coordenador da campanha de Fogaça, o deputado Mendes Ribeiro também defendeu petistas. Porém, recentemente afirma ser favorável à indicação de candidato próprio.

Além dos seus aliados naturais (DEM e PPS), Serra conquistou no Rio Grande do Sul o apoio do PP local. A aliança foi firmada na semana passada em reunião em Brasília no gabinete do presidente do PP nacional, senador Francisco Dornelles (PP-RJ). Do encontro também participou o presidente nacional tucano, senador Sérgio Guerra (PE).

    Leia tudo sobre: SerraPMDB gaúchodissidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG