Dê uma chance para a sua mãe, diz Lula sobre votos para Dilma

Presidente e candidata petista se preparam para comício que espera reunir cerca de 30 mil pessoas na capital do Estado

Andréia Sadi, enviada ao Paraná |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo nesta sexta-feira a uma plateia de 300 empresários em Curitiba para que não tenham preconceito na eleição de 2010 por Dilma Rousseff ser mulher e votem na candidata do PT à Presidência da República.

Lula pediu que se dê uma chance à ex-ministra por sua “competência” já mostrada no governo. “Se existe aqui alguém com preconceito de não votar em uma mulher, que pare de ser besta. Ela (a mulher) me pariu. Dê uma chance à sua mãe, já que ela deu tantas chances a você", disse Lula, que discursou logo após Dilma Rousseff e o governador do Estado, Orlando Pesutti.

Ao lado do presidente, Dilma falou que é preciso olhar para o futuro para construir uma “nova sociedade” que já começou no governo Lula. A petista prometeu continuar o ensino profissionalizante e aproveitou para cutucar o adversário, José Serra.

Dilma já havia dito que até 2003, ano em que Lula assumiu o governo, foram construídas 140 escolas e, de 2003 até o fim de 2010, serão construídas mais 214. “ Tem muita gente por aí, e meu adversário é um deles, que coloca coisas interessantes sobre essa questão. Mas tem um problema. Há uma lei federal aí que impedia escolas técnicas construídas”, alfinetou.

Estiveram presentes José Eduardo Dutra, presidente do PT, o candidato ao governo, Osmar Dias, e os candidatos ao Senado Gleisi Hoffmann e e Roberto Requião. O comício de amanhã, na Boca Maldita, terá início às 10 horas e espera reunir 30 mil pessoas.

    Leia tudo sobre: eleiçõesparanáluladilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG