Governador da Bahia deve reeleger-se já no primeiro turno das eleições, aponta o instituto

O governador Jaques Wagner (PT) é o favorito na disputa pelo governo da Bahia, com 52% das intenções de voto no Estado, segundo pesquisa do Datafolha divulgada hoje. Wagner, que tenta a reeleição, oscilou positivamente um ponto nos votos válidos em relação ao levantamento anterior, feito no início da semana - ele foi de 57% para 58%.

O ex-governador Paulo Souto (DEM) registrou 19% das intenções de voto. Geddel Vieira Lima (PMDB) atingiu 14% na pesquisa. Em quarto lugar aparece Bassuma (PV), com 3% dos votos válidos, seguido por Marcos Mendes (PSOL) e Professor Carlos (PSTU), com 1% cada um. Sandro Santa Bárbara (PCB) foi citado, mas não alcançou 1%.

A briga pelo Senado continua indefinida no Estado, com empate entre os favoritos. De acordo com instituto, apenas três pontos percentuais separam os três candidatos que concorrem. Lídice (PSB) aparece com 25% dos votos válidos no Estado, seguida por Walter Pinheiro (PT), com 23%, e César Borges (PR), com 22%. José Ronaldo (DEM) é o que mais se aproxima dos candidatos, com 9%. Seu companheiro de partido Aleluia tem 8%. Edvaldo Brito (PTB) soma 7% dos votos válidos. Um fator que pode ser decisivo para o desempate é o fato de que 26% dos eleitores mencionaram corretamente os números de seus candidatos, enquanto 60% não sabiam os números certos.

A margem de erro na pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Dados do levantamento apontam que 4% dos entrevistados vão votar em branco ou anular o voto, e 7% ainda não sabem em quem vão votar para o governo da Bahia. O instituto fez 1.715 entrevistas com eleitores maiores de 16 anos, em 49 municípios do Estado. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número 44.113/2010, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 33.482/2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.