Costa critica Anastasia em apresentação de plano de governo

Peemedebista repete o roteiro e usa evento de campanha para mais uma rodada de críticas à administração tucana em Minas

Eduardo Ferrari, iG Minas Gerais |

O que era para ser um evento formal de lançamento do plano de governo do candidato Hélio Costa (PMDB) ao governo de Minas se transformou num comício para a militância de peemedebistas e petistas em Belo Horizonte. Ao contrário da estratégia de seu principal adversário na disputa, o tucano candidato à reeleição Antônio Anastasia, a coordenação da campanha de Costa preferiu não distribuir exemplares do plano, um documento de mais de 200 páginas com “15 razões para se votar em Hélio e Patrus”, conforme anunciado durante o evento. Apenas uma carta-compromisso foi oferecida aos presentes, cerca de cem simpatizantes dos candidatos.

Durante seu discurso, Costa preferiu criticar o governo de Minas pela falta de projetos nas áreas de saúde, serviço público, juventude e mulher. “Em todas as nossas viagens o que encontramos são hospitais públicos do estado sendo fechados ou sendo mantidos pelas prefeituras sem o apoio do governo do estado. Se o estado quer ser forte e respeitado, nossos servidores públicos têm que ser ouvidos pelo governo”, afirmou.

“Enquanto o governo Lula implantou 27 projetos voltados para a juventude, Minas tem apenas quatro projetos para os jovens. Por fim, o fato de termos uma futura presidenta do Brasil é um sinal de novos tempos para o país e por isso nós vamos fazer o que o governo estadual se recusou a fazer que é implantar um secretaria especial da mulher”, concluiu.

Candidato diz que Lula serviu de inspiração

O coordenador da proposta, o ex-ministro Patrus Ananias (PT), vice na chapa de Costa, afirmou que “o plano pretende implantar em Minas o que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva implantou no Brasil”. “Nossas prioridades são o combate às desigualdades sociais e a implantação de políticas de combate à fome e à pobreza assim como já fizemos no governo Lula”, disse. “Em quatro anos vamos erradicar a fome, a desnutrição e o analfabetismo de Minas. Vamos implantar um modelo de planejamento e orçamento participativos como nunca foi feito neste estado”, prometeu.

Hélio Costa também elogiou Lula e “relembrou” que o plano de governo para Minas foi criado sob a inspiração do presidente petista. “Quando começamos essa caminhada, ainda no início desde ano sob o chamamento do nosso extraordinário presidente, começamos a elaboração do nosso plano de governo e ele foi construído com a colaboração de centenas pessoas com quem conversamos, inclusive em nossas viagens pelo estado afora”, afirmou.

“Quando eu conversei com Lula ele me disse que ficaria feliz se o seu legado fosse que cada brasileiro tivesse duas refeições por dia. Hoje, eu sei que ele é um homem feliz. É sob essa inspiração que iremos trabalhar em Minas pelos mais pobres e humildes”, disse. O plano de governo de Hélio Costa está disponível para download no site oficial da campanha do candidato (http://www.heliopatrus15.com.br/).

    Leia tudo sobre: Eleições MG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG