Corpo de Romeu Tuma chega à Assembleia Legislativa de São Paulo

Velório do senador reúne autoridades como os senadores Aloisio Mercadante e Eduardo Suplicy e o ex-ministro Thomaz Bastos

Rodrigo Rodrigues, iG São Paulo |

Depois de quase dez horas após o falecimento oficial, o corpo do senador paulista Romeu Tuma finalmente começou a ser velado na Assembleia Legislativa de São Paulo. O corpo chegou por volta das 21h10, horário de Brasília, e foi recepcionado pelos quatro filhos do senador, alem de políticos, amigos e autoridades do Estado de São Paulo. O caixão chegou carregado por policiais civis e militares de São Paulo. Durante o trajeto do necrotério para a Assembleia, o corpo do senador foi seguido por um cortejo oficial da PM paulista.

Entre as autoridades presentes comparecem o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), os senadores Aloisio Mercadante (PT-SP), Eduardo Suplicy (PT-SP) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Os deputados Paulo Pereira da Silva (federal) e Barros Munhoz e Conte Lopes (estaduais) também compareceram.

O advogado criminalista Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justica do governo Lula, representa a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Já o candidato José Serra (PSDB) preferiu enviar uma coroa de flores em nome dele e da esposa, Mônica Serra.

A abertura do caixão do senador foi marcada por muita comoção da família e dos amigos. Cerca de 400 pessoas acompanham o velório do senador na sede do legislativo paulista. O velório acontece até a tarde desta quarta-feira. O enterro de Romeu Tuma está marcado para as 15h de amanhã, no cemitério São Paulo, na zona oeste da capital paulista.

    Leia tudo sobre: romeu tumafalecimentovelório

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG