Coordenador de comunicação de Dilma critica Serra

Rui Falcão, vice-presidente do PT, diz que candidato do PSDB critica governo, mas também não se assume como oposição

AE |

O vice-presidente nacional do PT e coordenador de comunicação da pré-campanha de Dilma Rousseff à Presidência, Rui Falcão, chamou o pré-candidato do PSDB, José Serra, de "transformista". Em evento realizado neste sábado na Assembleia Legislativa de São Paulo sobre política pública de comunicação, que reuniu militantes e dirigentes da sigla no Estado, Falcão afirmou que Serra não assume que é oposição e, ao mesmo tempo, seu partido critica pesadamente o governo federal.

Segundo ele, a política de comunicação do PT na campanha deve deixar claro que o eixo da disputa é a diferença entre dois projetos: "Um é o nosso projeto, de continuar mudando com avanço; o outro, o projeto do passado".

Para o dirigente petista, a comunicação na internet poderá ser decisiva na eleição presidencial. "Não é pouca coisa que está em jogo nesta eleição", afirmou.

Ao comentar especificamente sobre o papel do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na intermediação política com o Irã, Falcão afirmou que a grande mídia "torce para que o acordo de paz fracasse" para que isso tenha impacto negativo no governo do PT e na sucessão presidencial. "Esse acordo não diz respeito às eleições, mas à paz mundial", disse.

O coordenador da pré-campanha de Dilma refutou, ainda, críticas da mídia sobre a comparação entre Nelson Mandela e a ex-ministra, proposta por Lula no programa partidário do PT, na quinta-feira. "Disseram que só a derrota na guerrilha aproxima Mandela de Dilma", protestou Falcão.

    Leia tudo sobre: Rui FalcãoLulaDilmaSerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG