Consulta do PDT do Paraná amplia prazo para Osmar Dias

Documento encaminhado à direção nacional do partido dá mais três dias para senador considerar alianças

Francisco Camargo, iG Paraná |

Em comunicado conjunto com o PSDB, o PDT divulgou no fim da tarde desta sexta-feira o texto do ofício encaminhado pelo seu diretório estadual ao presidente nacional do partido, Manoel Dias, no qual submete a proposta de coligação proposta pelos tucanos.

O documento, assinado pelo senador Osmar Dias, presidente estadual licenciado, e pelo deputado Augustinho Zucchi, presidente em exercício, estabelece que o PDT “passa a aguardar que, no prazo de três dias contados a partir do recebimento desta proposta, sejam examinadas e respondidas as propostas de coligação ora apresentadas”. A convenção do PSDB está marcada para amanhã (19).

Segundo a assessoria do PSDB, Dias encaminhou hoje proposta formal de coligação com o pré-candidato tucano Beto Richa. A cópia da carta foi entregue a Richa pelo deputado Augustinho Zucchi e pelo prefeito de Bandeirantes, Celso Benedito da Silva.

No ofício da consulta à liderança nacional, que leva a data de ontem, 17 de junho, o PDT detalha as condições da coligação: “1) Para a disputa da eleição majoritária estadual do Paraná, solicita autorização para fazer coligação com o PSDB, mediante a condição de o candidato a governador ser indicado pelo PSDB, enquanto que o candidato a vice-governador e um dos candidatos a senador serem indicados pelo PDT. 2) Na hipótese de resposta afirmativa à proposta 01, solicita autorização para fazer coligação partidária estadual com outros partidos, além do PSDB, que assumam o compromisso de se unirem a ambos e assim fortalecerem tal aliança para a disputa majoritária estadual no Paraná. 3) Para a disputa da eleição proporcional paranaense, solicita autorização para fazer coligação com o PSDB e outros partidos coligados”.

    Leia tudo sobre: Osmar DiasParanáPDTPSDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG