Conselho de Ética do PMDB ratifica processo contra Moreira em SC

Presidente estadual tem 30 dias para apresentar defesa; vice João Matos assume comando do partido no estado

Gabriel Costa, iG Brasília |

O Conselho de Ética do PMDB ratificou nesta quinta-feira o processo de suspensão da filiação do presidente do partido em Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira. A liderança do partido decidiu em reunião nesta quarta-feira, dia 30 de junho, levar o líder catarinense ao Conselho de Ética como punição  por manter a aliança com o Democratas no estado, onde Moreira pretende sair como vice do senador Raimundo Colombo, candidato ao governo.

O presidente estadual peemedebista tem 30 dias para apresentar sua defesa e, a partir do momento em que a notificação do Conselho de Ética chegar ao diretório regional, o vice-presidente João Matos assume a liderança em Santa Catarina. “Isso significa que ele [Moreira] não poderá mais ser presidente do partido e ele não mais poderá, por não ser mais militante do PMDB, ser candidato a vice-governador”, afirmou o ex-governador do Rio de Janeiro Moreira Franco, relator do processo de intervenção da executiva nacional do partido.

O PMDB catarinense divulgou nota onde afirma que a executiva estadual do partido, em reunião na manhã desta quinta-feira com as bancadas federal e estadual, deliberou por unanimidade que a atitude da cúpula nacional "fere frontalmente o Estatuto do Partido e os princípios fundamentais garantidos na Constituição Federal", mas não informou nenhum plano de reação concreto.

A candidatura de Moreira a vice de Colombo foi oficializada na convenção regional do PMDB, no último sábado, 26. A aliança com o DEM ficou com 288 do total de 425 votos, contra 129 votos para a candidatura própria do deputado estadual Edison Andrino. Na semana passada, a executiva estadual do partido entrou com uma ação cautelar em reação à ameaça de intervenção da liderança nacional do partido, mas o Tribunal de Justiça do Distrito Federal negou liminar solicitada.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG