Ex-governador afirma que optou pela candidatura por temer uma vitória esmagadora de Cid Gomes, para quem perdeu em 2006

O ex-governador do Ceará (2003-2006), Lúcio Alcântara (PR) acaba de confirmar que vai sair candidato ao governado do Ceará. Alcântara, que tentou reeleição em 2006, perdeu no primeiro turno para o atual governador Cid Gomes (PSB), ainda no primeiro turno.

Em entrevista coletiva, no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa, em Fortaleza, Alcântara revelou que o candidato a vice que concorrerá em sua chapa é o empresário Cláudio Vale (PPS). Os dois nomes serão homologados na convenção PR-PPS marcada para amanhã, às 16 horas, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, na periferia de Fortaleza.

Alcântara afirmou que optou pela candidatura por temer uma vitória esmagadora de Cid Gomes. "Não tinha candidato contra ele. Agora são pelo menos cinco. Vamos para a disputa com o apoio do PPS e dos cearenses que conhecem nosso trabalho", disse.

Em seu discurso, Alcântara criticou o governador Cid Gomes por loteamento de cargos no governo e uma administração elitista. Afirmou ainda que a sua candidatura rompe com “uma tentativa de imposição de uma unanimidade que não reproduzia um sentimento popular". Sem citar nomes, Alcântara ainda se disse vítima de "tentativas de humilhação" para não se candidatar novamente ao governo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.