Compra de votos dá cadeia em Rondônia

Vice-presidente e presidente da Câmara são presos pela PF acusados de comprar votos no interior

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

A Polícia Federal (PF) de Rondônia prendeu o presidente da Câmara do município de Urupá, Antônio Lázaro (PV) e o vice-presidente Zé do Pacs (PPS) em uma operação realizada com o objetivo coibir a compra de votos, conforme a polícia.

Na casa do presidente da Câmara os agentes apreenderam computadores e requisições de combustível na Câmara de Urupá, onde foi preso José Alves Lima, o Zé do Pacs, os agentes federais encontraram mais requisições de combustíveis que estavam no gabinete de Antônio Lázaro e outros computadores.

A prisão dos vereadores ocorreu após denúncia e comprovação de compra de votos supostamente para beneficiar o candidato a deputado estadual da região do município de Ouro Preto, Jaques Testoni (PP), irmão de Alex Testoni (PTN), prefeito de Ouro Preto.

    Leia tudo sobre: eleições ropf rocompra de votos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG