Comando tucano se reúne hoje para definir vice de Serra

Lideranças da legenda, como o presidente nacional da sigla, Sérgio Guerra (PE), e o presidenciável também devem participar

Agência Estado |

Um dia depois da divulgação da pesquisa CNI/Ibope que trouxe pela primeira vez a presidenciável do PT, Dilma Rousseff, à frente de José Serra (PSDB) na corrida sucessória ao Palácio do Planalto, o comando de campanha do tucano e de partidos aliados, como o DEM, decidiu fazer uma reunião no final desta tarde na capital para fechar a questão do vice na chapa do PSDB e discutir os rumos da campanha. Lideranças da legenda, como o presidente nacional da sigla, senador Sérgio Guerra (PE), e o presidenciável José Serra também devem participar do encontro.

Nesta manhã, um dos nomes cotados para compor a chapa de Serra como vice, a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), esteve no QG do comando tucano de campanha, o antigo edifício Joelma (hoje denominado Praça da Bandeira), onde funciona o Diretório Municipal da legenda desde 2008 para participar de uma reunião. Em entrevista à Agência Estado , a senadora riu quando foi questionada se já havia aceitado o posto de vice de Serra. "Isso é brincadeira, não tem nada disso. Não sei de onde tiraram essa informação", disse ela. Ao final da reunião, por volta das 14 horas, Marisa informou que esteve no comitê discutindo a agenda de Serra para os próximos dias e que estava voltando para Campo Grande.

Outro nome cotado para vice na chapa tucana, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) confirmou à Agência Estado a reunião da tarde de hoje e disse que um dos principais assuntos em pauta será mesmo a questão do vice na chapa que disputará a Presidência da República. O convite para o encontro, de acordo com Aleluia, partiu do coordenador do programa de governo do PSDB, o ex-secretário estadual Xico Graziano. Aleluia disse também que o programa de governo de Serra também será objeto de discussão.

Também hoje pela manhã, estiveram reunidos no QG tucano prefeitos aliados da região de Jundiaí e de Bragança Paulista com os candidatos ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, e ao Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), além do coordenador da campanha Sidney Beraldo. Neste encontro, alguns prefeitos chegaram a manifestar preocupação com o quadro nacional, sobretudo com a subida da adversária do PT na pesquisa CNI/Ibope e disseram que este é o momento de se discutir formas de alavancar a candidatura Serra.

Negativas

Oficialmente, assessores do PSDB negam que a questão da vice esteja na pauta do partido. Embora não negue a reunião com Serra no fim desta tarde, a assessoria de Sérgio Guerra informou que, originalmente, o senador embarcaria em Brasília com destino a Recife, e que "talvez" fosse para São Paulo no fim da tarde.

Já o presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia, disse que a reunião da manhã foi para discutir o plano de governo. Sobre a reunião da tarde, Maia disse que "não foi comunicado" sobre ela. "Se tiver, é com o Serra e o Guerra", disse.

Contatado pela reportagem, o presidente nacional do PPS, Roberto Freire, disse que "não recebeu nenhum comunicado sobre reunião alguma".

    Leia tudo sobre: sérgio guerraserrarodrigo maiaroberto freirepsdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG