Com Duda e Marcelinho, Skaf lança pré-candidatura

Presidente da Fiesp lança pré-candidatura ao governo de São Paulo pelo PSB

Nara Alves, iG São Paulo |

O publicitário Duda Mendonça e o ex-jogador de futebol Marcelinho Carioca, pré-candidato a deputado federal, dividiram o palco com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, durante o lançamento de sua pré-candidatura ao governo pelo PSB nesta sexta-feira. O auditório da Assembeia Legislativa de São Paulo estava repleto de jovens que cantavam o jingle da campanha que repetia a frase “O Skaf chegou”. Duda Mendonça, responsável pela campanha vitoriosa de Lula à presidência em 2002, foi contratado por Skaf no início do ano.

AE
Duda Mendonça e Marcelinho Carioca no lançamento da pré-candidatura de Skaf pelo PSB

Além de Duda e Marcelinho, o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, os governadores Wilson Martins (PI) e Iberê de Souza (RN) também compareceram. Já o governador do Ceará, Cid Gomes, que estava confirmado, não apareceu. Cid é irmão do deputado federal licenciado do PSB Ciro Gomes, que está na Europa. O vereador Gabriel Chalita, pré-candidato ao Senado pelo PSB, também não foi ao evento. As ausências não foram mencionadas.

Durante o evento na Alesp, o PSL confirmou oficialmente que irá apoiar Skaf. Esta é a primeira aliança que o PSB anuncia em São Paulo. A coligação não deve alterar significativamente o tempo que o presidente da Fiesp terá na televisão, que deverá ser de cerca de dois minutos.

Em discurso, o presidente do PSB paulista, Márcio França, afirmou que a candidatura é irreversível e que o nome de Skaf estará a cédula eleitoral do Estado em outubro. “A gente gosta mesmo é de pressão. Quanto mais pressionar, mais a gente insiste”, disse. E reforçou que Dilma terá dois palanques em São Paulo. “Aqui, nós cumpriremos a nossa parte”.

Também nesta tarde, o PSB decidiu apoiar a candidatura da petista à Presidência e marcou para o dia 14 de junho a convenção do partido para formalizar essa aliança.

AE
Paulo Skaf e o presidente nacional do PSB, o governador Eduardo Campos (PE)

    Leia tudo sobre: Paulo SkafPSBSão Paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG