Com ampla vantagem, Cid se reelege em primeiro turno

Gestão bem avaliada e apoio do presidente Lula levaram governador socialista a alcançar mais de 60% dos votos válidos

iG São Paulo |

Com um total de 96,9% dos votos apurados no Ceará, o governador Cid Gomes  (PSB) se reelegeu em primeiro turno neste domingo com ampla vantagem sobre o segundo colocado. De acordo com os números apurados no Tribunal Regional Eleitoral, Cid alcançou 61,4% dos votos válidos no pleito 2010.

O segundo colocado,  Marcos Cals  (PSDB), ficou com 19,5% e o terceiro colocado, Lúcio Alcantara (PR)
obteve 16,3%. Outros candidatos, somados, atingiram 2,8% dos votos válidos. O tucano Marcos Cals acabou tornando-se uma surpresa na reta final da eleição, já que passou toda a campanha em terceiro lugar, com cerca de 10% das intenções de voto, e na última hora deu uma arrancada e ultrapassou Lúcio, político experiente e veterano das eleições no Estado.

AE
Cid Gomes vota no Colégio Sobralense, em Sobral, na zona norte do Estado

Além do apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cid contou com aprovação de sua gestão junto ao eleitorado. Nos três anos e nove meses até agora seu governo sempre foi bem avaliado pelos cearenses. Nem todas as promessas de campanha foram cumpridas, mas ele encerra este primeiro mandato com um saldo 3,8 mil obras que geraram 30 mil empregos diretos.

Cid assume para mais quatro anos com o apoio integral do PMDB e do PT, partidos que conseguiram de Cid o apoio aos candidatos a senador Eunício Pimentel (PMDB) e José Pimentel (PT), também eleitos. Deve montar um novo secretariado.

No plano para o novo governo, Cid promete concluir o Centro de Eventos, instalar o policiamento comunitário Ronda do Quarteirão em todo o Estado e cobrar o término das obras federais do Ceará, como a Ferrovia Transnordestina e a transposição das águas do Rio São Francisco. Terá neste segundo governo um consultor especial. O irmão, o deputado federal Ciro Gomes (PSB), sem mandato a partir de 31 de dezembro, deve dar uma maior assistência a Cid. Pode até ser nomeado secretário de Governo.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições ceresultado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG