Coligação pede impugnação de Wilson e Mendes no TSE

¿Frentona¿ do atual governador Silval Barbosa tenta impedir candidaturas de concorrentes

Kelly Martins, iG Cuiabá |

A coligação Mato Grosso para Todos (PTN, PC do B, PSC, PTC, PT do B, PRT, PRB e PHS), do atual governador Silval Barbosa (PMDB), pediu hoje ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a impugnação das candidaturas de Mauro Mendes (PSB) e de Wilson Santos (PSDB) ao governo do Estado.

O argumento apresentado pelo coordenador da coligação Baltazar Ulrich é de que os dois candidatos não preencheram os requisitos básicos para efetuar o registro de candidatura.

Segundo Baltazar, Wilson Santos, da coligação Jonas Pinheiro, não teria apresentado a certidão de quitação eleitoral, após a rejeição de suas contas pela Justiça Eleitoral, na primeira e segunda instâncias.

O coordenador acrescentou que Mauro Mendes, da coligação Mato Grosso Melhor Pra Você, apesar de ter obtido a certidão, permanece com as contas reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

“A lei é muita clara e não podemos aceitar isso. Todos os candidatos devem estar com as obrigações legais em ordem e não é o caso deles”, afirmou Baltazar.

Tanto o Wilson quanto Mendes tiveram as contas de campanha reprovadas por suposta compra de votos na eleição de 2008, quando disputaram a Prefeitura de Cuiabá.

Mas como a rejeição das contas dos candidatos ocorreu após o pedido de registro, o TRE-MT entendeu que os candidatos poderiam concorrer eleição neste ano, não ficando inelegíveis.

    Leia tudo sobre: EleiçõesMT Eleiçõesimpugnação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG