Clésio Andrade quer PR fora da aliança PMDB-PT em Minas Gerais

Presidente licenciado da Confederação Nacional dos Transportes defende que filiados da legenda fiquem livres para votar no PSDB

Bernardino Furtado, especial para o iG em Belo Horizonte |

Três dias depois de ser apresentado como possível candidato a vice-governador na chapa dos partidos da base do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Minas Gerais, o empresário Clésio Andrade desistiu até mesmo de disputar o Senado. Vice no primeiro mandato de Aécio Neves (2003-2006), o presidente licenciado da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) propôs, em nota distribuída esta tarde, a saída do PR da aliança regional que deve lançar o ex-ministro Hélio Costa (PMDB) ao governo mineiro. 

O empresário, que também é presidente do PR-MG, defendeu a manutenção do apoio à presidenciável Dilma Rousseff (PT), seguindo a orientação nacional do partido, mas quer que os filiados à legenda sejam liberados para votar e fazer campanha para os candidatos da coligação com o PSDB.

Clésio foi o anfitrião do natimorto arranjo de chapa que previa Fernando Pimentel (PT) na disputa ao governo mineiro, e ele próprio na vice, deixando ao ex-ministro Hélio Costa (PMDB) a vaga ao Senado. Essa fórmula foi anunciada no domingo (6) na casa do empresário, em Belo Horizonte, depois de uma reunião com líderes do PT, PCdoB e do PRB, da qual o peemedebista não participou. Mas Costa fincou o pé na candidatura a governador, confirmada no dia seguinte pela cúpula nacional do PT.

A aproximação de Clésio com a oposição em Minas Gerais é recente. O empresário, que pretendia ser reeleito vice de Aécio em 2006, foi afastado pelo tucano que preferiu escalar um auxiliar de confiança para o posto. Escolheu Antonio Anastasia (PSDB), atual governador e candidato à reeleição. Clésio não gostou, mas recebeu como consolo a nomeação da mulher, Adriene, para o cargo de conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG).

    Leia tudo sobre: CNTPTPMDBPSDBMinas Gerais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG