¿Ciro mudou sua fala¿, afirma Michel Temer

Vice na chapa governista afaga o agora coordenador de campanha de Dilma, que no passado chamou PMDB de ¿quadrilha¿

Fred Raposo, iG Brasília |

Dois dias após o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) ser escalado como coordenador de campanha da presidenciável Dilma Rousseff (PT), o vice na chapa governista, Michel Temer (PMDB-SP), colocou panos quentes na espinhosa relação entre seu partido e o político cearense.

“Hoje vejo que o Ciro mudou a sua fala”, afirmou Temer esta quinta-feira. “A fala dele hoje é uma mais fala conciliadora”. No passado, Ciro chamou o PMDB de “quadrilha” e Temer de chefe de “ajuntamento de assaltantes”, cuja escolha para integrar campanha petista desagradou à cúpula peemedebista.

Temer destacou, contudo, que o PSB é um “partido importante” para a aliança do segundo turno. “A presença de alguém do PSB é fundamental para o comando da campanha”, assinalou o vice de Dilma.

O presidente da Câmara dos Deputados afirmou ainda que o partido está “inserido” na campanha. “Já esteve no passado pela minha participação individual. Mas hoje o PMDB está mais incorporado até por decisão do próprio núcleo da campanha”, disse Temer.

Geddel é “ferida curada”

Porém, admitiu que desde domingo vem “sanando feridas” de aliados, principalmente os que não foram eleitos. “Uma das saliente era o caso do nosso companheiro Geddel Vieira Lima (PMDB, que foi ministro da Integração). É ferida curada”, pontuou.

    Leia tudo sobre: eleições 2010eleições dfmichel temerciro gomespmdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG