Ciro Gomes começa a se aproximar de Dilma

Candidata do PT à Presidência planeja telefonar para o deputado quando sentir segurança sobre sua disposição em agendar encontro

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Depois de ser alijado da disputa presidencial e dizer que não faria campanha para a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) iniciou um processo de aproximação com a candidata do PT à presidência. Interlocutores de Ciro e Dilma têm conversado nas últimas semanas com o objetivo de articular um acordo. Um encontro chegou a ser agendado mas foi desmarcado a pedido de Ciro, que precisou se ausentar de Brasília.

AE
Ciro e Dilma juntos, em abril deste ano
Os dois podem se encontrar na sexta-feira, em Fortaleza. Dilma foi convidada pela senadora Patrícia Saboya (PSB-CE) para o casamento de Lívia, filha de Ciro e da senadora. Dilma, no entanto, ainda não confirmou presença no casamento que terá como padrinhos o governador do Ceará (e tio da noiva), Cid Gomes (PSB), e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), aliado histórico de Ciro.

O deputado foi procurado em seu gabinete em Brasília, mas até 19h não respondeu às ligações. O presidente do PSB de São Paulo, deputado Márcio França, acredita em um entendimento, mas disse que a iniciativa tem que partir de Dilma. “É como em uma partida de tênis. Quem ganha pede desculpas e quem perde diz obrigado”, disse França.

Segundo fontes na campanha de Dilma, a candidata deve telefonar para Ciro quando tiver segurança de que o deputado aceitará o convite para um encontro.

Quando seu nome foi definitivamente descartado da disputa presidencial, Ciro deu uma entrevista ao iG , publicada no dia 24 de abril, na qual criticou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse que o tucano José Serra (então líder nas pesquisas) tinha mais chances de vencer a disputa e rejeitou a possibilidade de fazer campanha para a candidata do PT.

“Não me peçam para ir à televisão declarar o meu voto, que eu não vou. Sei lá. Vai ver viajo, vou virar intelectual. Vou fazer outra coisa”, disse ele na época.


    Leia tudo sobre: dilma rousseffciro gomes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG