Cid Gomes volta a sugerir Aécio Neves para presidência do Senado

Governador reeleito do Ceará reapresenta proposta hoje, durante reunião de lideranças do PSB em Brasília

Ricardo Galhardo, enviado, Andréia Sadi, iG Brasília |

O governador reeleito do Ceará, Cid Gomes (PSB), voltou a sugerir o nome do senador eleito Aécio Neves (PSDB-SP) para a presidência do Senado. Ainda antes das eleições do primeiro turno, ele havia feito a mesma proposta dentro de um pacto chamado “Senado pelo Brasil”.

Gomes participa hoje de encontro com lideranças nacionais do PSB, em Brasília. Ele disse que apresentou sua proposta no encontro e que ela foi recebida “com surpresa, mas sem vaias”. Segundo Cid Gomes, o governador reeleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), defendeu que o assunto seja discutido com o PSDB.

Questionado se sua proposta não poderia provocar uma briga com o PT e o PMDB, Cid Gomes respondeu: “Pode ser. Mas convencendo a Dilma, o PT se convence. E se o PMDB não aceitar, que não aceite. Mas ele vai aceitar”.

Wilson Martins (PSB), governador reeleito do Piauí, comentou a sugestão do nome de Aécio, mas disse tratar-se apenas de uma proposta do seu colega cearense e não uma decisão do partido.

CPMF, futuro e cargos

Na reunião de hoje, vários governadores se manifestaram favoráveis à volta da CPMF. Martins informou que o partido vai se reunir na próxima semana para discutir a votação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), apelidada de “nova CPMF”.

Na mesma reunião, Wilson Martins disse que o PSB também vai discutir os rumos do partido para as eleições de 2012, quando os eleitores vão escolher os prefeitos de suas cidades. “Estamos de olho no futuro”, afirmou.

Quanto à participação do PSB no governo Dilma Rousseff, o governador do Piauí afirmou que na reunião de hoje não houve discussão sobre cargos. “Ninguém se oferece. Quem vai definir é a Dilma”, explicou.

    Leia tudo sobre: pleito 2010psbcid gomesaécio neveswilson martins

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG