Cid Gomes rebate Tasso Jeressaiti e se diz humilde

Para o candidato à reeleição no Ceará, governador Cid Gomes, "arrogância é para quem tem ânsia pelo poder"

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) foi oficializado hoje por 16 partidos candidato à reeleição. Durante convenção conjunta, Cid bateu no adversário político Tasso Jereissati (PSDB). Sem citar o nome do líder tucano, que lançou o deputado estadual Marcos Cals para disputar o governo com ele, o governador disse que se sente estimulado para tentar a reeleição, “porque não tenho o poder da arrogância, que as vezes o poder proporciona. Sou um servidor do povo cearense”.

Tasso, ontem, na convenção tucana, disse que Cid era arrogante. “Sou sim humilde ao ponto de reconhecer que tem muito o que fazer e isso vamos fazer com o apoio dessa coligação que se amplia”.

Oito novos partidos entraram na coligação em relação a que elegeu Cid no primeiro turno em 2006. Os novos são PDT, PTB, PRB, PTdoB, PTN, PRTB, PSDC e PSC. O único que saiu foi o PV que vai lançar candidatura própria para dar palanque a presidenciável Marina Silva (PV). Permanecem na coligação: PSB, PMDB, PT, PHS, PMN, PCdoB, PP e PSL.

No seu discurso, Cid enumerou realizações de seu primeiro governo e prometeu continuar o projeto principalmente de buscar a refinaria, siderúrgica, transposição das águas do Rio São Francisco e ferrovia Transnordestina.

Prevista para comparecer a convenção, a candidata a presidente pelo PT, Dilma Rousseff, enviou uma carta assumindo o compromisso de fazer campanha para a chapa liderada por Cid Gomes, tendo como vice o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB). Na mensagem, enumerou obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o Ceará e pediu votos para os candidatos a senador, os deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT).

Coube a Ciro Gomes (PSB), irmão de Cid, fazer um discurso mais apelativo a candidata Dilma Roussef. “Não podemos cair em promessa falsa. O sonho de Virgílio Távora, Tasso Jereissati, Edson Queiroz, de industrialização do Ceará tem que ser realizado. Acredito que isso aconteça, mas não podemos aceitar que, por exemplo, a refinaria seja uma promessa mentirosa”.

Ciro deu uma alfinetada também em Tasso: “A nossa riqueza não pode se concentrar nas mãos de meia dúzia de barões. O Ceará está preparado para aquilo que Cid chamou de um grande salto. E este salto de qualidade está sendo dado. Somos campeões no Nordeste em geração de emprego. E o grande desafio é preparar o nosso povo para a economia que vai dar este salto de qualidade”.

    Leia tudo sobre: Cid GomesCiro GomesCearáeleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG