Cid Gomes diz que 'esqueceu' de pedir votos para Dilma

Candidata presidencial do PT é citada de forma protocolar nos discursos de Ciro Gomes, José Pimentel e Eunício Oliveira no Ceará

Lauriberto Braga, iG Ceará |

Ciro, Dilma, Cid e Lula. Esse é o quarteto que deu mote aos painéis deste domingo da convenção que homologou a candidatura de reeleição do governador cearense Cid Gomes (PSB), em Fortaleza. Enormes painéis traziam a mensagem "Juntos para podermos fazer mais" com as fotos de Ciro Gomes ao lado de Dilma Rousseff, Cid Gomes e Luiz Inácio Lula da Silva.

Somente em cartazes menores eram lembrados os candidatos a senador apoiados por Cid: os deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT). Nenhuma mensagem lembrou o apoio da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, à campanha de reeleição de Cid.

E nem ele a citou no discurso que finalizou a convenção. Além disso, Cid também não pediu votos para Dilma. "Foi no calor da emoção e acabei esquecendo, mas vamos sim fazer campanha para eleger Dilma", disse depois aos jornalistas.

Durante os discursos, Dilma foi citada apenas protocolarmente por Ciro Gomes, José Pimentel e Eunício Oliveira. Dilma foi convidada para a convenção, mas anunciou que não viria enviando uma carta que foi lida pelo mestre de cerimônias. Na carta, ela ressalta seu apoio à reeleição de Cid e enumera as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Ceará.

Apesar de ausente, Dilma não foi esquecida por Ciro, que advertiu que ficará vigilante na conclusão da transposição das águas do Rio São Francisco, na construção da ferrovia Transnordestina e na construção de uma refinaria da Petrobras no Ceará, caso ela seja eleita. "Isso não pode ser promessa mentirosa", cobrou.

Na convenção com mais de 2 mil participantes, o nome de Dilma não foi gritado nenhuma vez pelos presentes. Mesmo no discurso de José Pimentel, em que ela foi mais citada, os participantes não se empolgaram.

Como Luizianne Lins não compareceu por ser desafeta de Ciro Gomes, o palanque de Dilma com Cid ficou arranjado. Luizianne prometeu para julho uma caravana petista para ir ao interior pedir votos para Dilma, independentemente de Cid.

    Leia tudo sobre: Cearáeleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG