Ceará: candidatos a governador ficam no superficial em debate

Programa de três horas exibido por emissora local foi considerado morno, com pouco detalhamento das propostas de governo

Lauriberto Braga, iG Ceará |

Aconteceu hoje o primeiro debate entre os sete candidatos a governador do Ceará, exibido por quase três horas pela TV União. Sem detalhamento de propostas, o programa foi considerado morno e os candidatos limitaram-se a questões superficiais, pouco citando os presidenciáveis de suas respectivas coligações. 

No primeiro bloco os candidatos responderam a perguntas sobre temas escolhidos por apresentadores da emissora. No segundo, responderam às questões de representantes da Sociedade Civil convidados pela produção. Somente no terceiro bloco o debate esquentou um pouco, ficando polarizado entre o governador Cid Gomes (PSB), candidato à reeleição; e Marcos Cals (PSDB).

Cals fez pergunta para Cid sobre Segurança Pública, fazendo o governador partir para a defensiva, reconhecendo que a questão de homicídios é um grande problema. "Por isso estamos criando a Divisão de Homicídios", disse.

Também participaram Marcelo Silva (PV), Lúcio Alcântara (PR), Francisco Gonzaga (PSTU), Maria Natividade (PCB) e Soraya Tupinambá (PSOL). No quarto e último bloco os candidatos fizeram suas considerações finais. Com exceção de Cid Gomes, todos confirmaram presença no segundo debate da TV União marcado para 27 de setembro.

    Leia tudo sobre: eleiçõescearádebate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG