Candidatos disputam tempo na propaganda eleitoral do Amazonas

Coligação de Alfredo aguarda decisão do TRE-AM sobre pedido de `subtração¿ de tempo da propaganda de Omar Aziz

Mário Bentes, iG Amazonas |

A coligação “Amazonas melhor para todos”, liderada por Alfredo Nascimento (PR), candidato ao Governo do Amazonas, aguarda decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) sobre o pedido de ‘subtração’ do tempo de propaganda eleitoral do adversário Omar Aziz (PMN). A decisão pode sair hoje até o início da noite.

Aziz é governador e candidato à reeleição. A informação é do advogado Júnior Fernandes. Ele explicou que o pedido de subtração de tempo da propaganda eleitoral majoritária de Aziz foi feita por conta de descumprimento da Resolução 23.191/2009, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A resolução do TSE fixa regras e datas para exibição dos programas “proporcionais” e os “majoritários”.

No primeiro caso, explicou o advogado do ex-ministro dos Transportes, apenas podem ser exibidos programas de candidatos a deputados estaduais e federais. No segundo caso são exibidos os programas dos candidatos ao Governo e ao Senado. A decisão está nas mãos do juiz Wellington Araújo, relator do processo no TRE.

Fernandes disse que coligação de Aziz “descumpriu a regra e usou o tempo da propaganda destinadas aos candidatos proporcionais,” E que o tempo foi usado apenas para fazer propaganda do candidato à reeleição ao Governo e dos candidatos ao Senado, o ex-governador Eduardo Braga (PMDB) e a deputada federal Vanessa Graziottin (PCdoB), que usaram o tempo dos proporcionais.

“Ação ilegítima”

O assessor jurídico da coligação “Avança Amazonas”, Daniel Nogueira, afirma que a ação movida pela chapa de Alfredo Nascimento é “ilegítima” e “equivocada.” E citou o Partido Humanista da Solidariedade, que não faz parte da coligação proporcional.  “Eles protocolaram a ação, mas citaram o PHS como sendo da coligação proporcional, mas este partido pertence apenas à coligação majoritária,” concluiu.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG