Candidato do PSOL ao governo do RJ quer reformar Cieps de Brizola

Jefferson Moura disse que é necessário resgatar o SUS para que a população não tenha que buscar alternativa nos planos de saúde

Agência Brasil |

O candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PSOL, Jefferson Moura, disse hoje (22), que é necessário resgatar o Sistema Único de Saúde (SUS) para que a população não tenha que buscar alternativa nos planos de saúde privados. E reformar os Centros Integrados de Educação Pública (CIEP’s), construídos no primeiro governo Leonel Brizola (1982-1986) e idealizados pelo antropólogo Darcy Ribeiro.

O candidato disse também que a emenda Ibsen Pinheiro, que modifica a partilha dos royalties do petróleo, “é um absurdo e o Rio entraria em colapso com tal medida”. Moura ainda garantiu que o estado do Rio deveria investir mais em educação e saúde pública.

O candidato fez as afirmações durante a convenção estadual do partido, na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. O jornalista Milton Temer é o candidato do partido a uma vaga ao Senado. Cerca de 100 pessoas compareceram à Câmara dos Vereadores, onde o partido apresentou também os candidatos aos cargos proporcionais.

Segundo Moura, é importante modificar a política no Brasil. “Eu quero lutar contra a velha política praticada no Brasil. Mudar um pouco os mesmos nomes que vencem as eleições. Somos contra a corrupção que desvia tanto dinheiro em todas as esferas de governo”.

Milton Temer segue o mesmo discurso de Moura. “O Rio não pode continuar representado no Senado pelos mesmos que sempre estão lá. Por este motivo, eu me candidatei, pois tenho absoluta transparência em minha candidatura”.

No próximo dia 30, o PSOL lançará a candidatura oficial a Presidência da República de Plínio de Arruda Sampaio em Convenção Nacional, que vai ocorrer na Assembleia Legislativa de São Paulo.

    Leia tudo sobre: brizolapsolroyaltiesplínio de arruda sampaiotemer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG