Candidato a deputado é denunciado por improbidade administrativa

Pedetista Weverton Rocha é acusado de desvio de recursos públicos em obra, mas sua defesa nega irregularidades

Wilson Lima, iG Maranhão |

O candidato a deputado federal Weverton Rocha (PDT) foi denunciado pelo Ministério Público Estadual do Maranhão (MPE) por ato de improbidade administrativa quando era secretário de Esporte e Juventude na gestão Jackson Lago (PDT).

Rocha é acusado de desvio de recursos públicos na obra de reforma do ginásio Costa Rodrigues, em São Luís. O MPE também acusa o candidato de forjar procedimento licitatório para contratação da empresa Maresia Construções, responsável pela obra.

Segundo a denúncia do MPE, quando Rocha era secretário de Esporte e Juventude, ele teria determinado o pagamento de R$ 5,3 milhões, de forma antecipada, à Maresia Construções sem que os serviços de reforma do Ginásio fossem realizados. O caso tramita na 2ª vara da fazenda pública de São Luís com base em denúncias dos promotores Marcos Valetim e João Leonardo Leal.

O advogado do candidato a deputado federal, Fabiano de Cristo Rocha Júnior, afirmou que Weverton Rocha não foi notificado oficialmente da denúncia do Ministério Público Estadual. “Ele soube da notícias por blogs”, afirmou o advogado.

Ainda segundo Fabiano de Cristo Júnior, os pagamentos feitos à empresa Maresia Construções foram da ordem de R$ 2 milhões e foram destinados à compra de equipamentos como placares eletrônicos, pisos especiais do ginásio e para outras ações que foram executadas na época. “As notas fiscais comprovam. A questão é que a gestão posterior determinou o embargado da obra. Por isso, não faz sentido a denúncia do MP”, explicou.

    Leia tudo sobre: eleições majustiçadenúncia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG