Cabral e Gabeira podem gastar até R$ 25 milhões

Candidatos apresentam estimativas ao TRE-RJ, ao oficializarem os registros das candidaturas ao governo do estado

Flávia Salme, iG Rio de Janeiro |

Na estimativa de gastos informada nesta segunda-feira (5) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), os candidatos ao governo do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), que tenta a reeleição, e Fernando Gabeira (PV), apresentaram a previsão de gastos para o pleito de 2010. Ambos calculam desembolsos de até R$ 25 milhões, segundo as assessorias dos partidos.

Fernando Peregrino (PR) ainda trabalha na estimativa de gastos que será apresentada até as 19h desta segunda ao TRE-RJ. Os candidatos Cyro Garcia (PSTU) e Jefferson Moura (PSOL) também devem apresentar as previsões de gastos no fim do dia.

Embora a Justiça Eleitoral autorize o início da campanha a partir desta terça-feira (6), Cabral e Gabeira não planejaram agenda. De acordo com Eduardo Damian, advogado da campanha de Sérgio Cabral, o governador não preparou atividades até o fim da semana. 

A coligação batizada “Estamos juntos”, congrega 16 partidos que apóiam a reeleição do governador do Rio. O site da candidatura de Cabral entrará no ar logo saia o registro do CNPJ da campanha. “A estimativa é de que até quinta-feira fique tudo pronto”, disse Damian.

O candidato Fernando Gabeira (PV) da coligação “Rio Esperança” também não dará início à campanha nesta terça-feira. Gabeira viaja nesta segunda-feira para Brasília, para participar das votações na Câmara dos Deputados, como a da PEC 300 (aumento para policiais) e da Emenda Simon (que trata da distribuição dos royalties do petróleo). 

O verde deve voltar na quinta-feira, quando deverá dar início à campanha para o governo do Rio de Janeiro. O site do candidato, porém, deve entrar no ar nesta terça-feira. Trará as propostas de governo, caso seja eleito. Será bastante parecido com o da campanha que Gabeira realizou em 2008, na disputa para a prefeitura da capital. 

De 2008 Gabeira também manterá o jingle “Rio de Gabeira”, que deve voltar com novos arranjos e algumas alterações na letra. 

Já Fernando Peregrino (PR) começará nesta terça-feira a percorrer municípios do interior do estado ao lado do ex-governador Anthony Garotinho, que busca uma vaga à Câmara dos Deputados. A visita começa pela cidade de Itaperuna, no noroeste fluminense. “Vou percorrer uma média de seis municípios por dia ao lado de Garotinho”, disse Peregrino. 

Cyro Garcia (PSTU), Jefferson Moura (PSOL) e Eduardo Serra (PCB) ainda não divulgaram as atividades de campanha que pretendem realizar após o início da campanha eleitoral.

No Rio de Janeiro, inscrições dos candidatos devem ficar para a última hora

Até as 17h54 desta segunda-feira, apenas 337 postulantes fizeram o registro de suas candidaturas no TRE-RJ. A expectativa é de que as legendas consolidem as inscrições no prazo final estipulado pela Justiça Eleitoral, às 19h. São aguardados entre dois mil e 2,5 mil registros. 

Caso as siglas deixem de inscrever um candidato aprovado em convenção, o postulante pode, ele mesmo, efetuar o registro até o dia 7. A partir desse prazo, os sete juízes que integram a Corte Eleitoral passam a julgar se autorizam as candidaturas. 

A resposta final será dada até o dia 5 de agosto. As sessões que podem deferir ou indeferir as campanhas serão realizadas segundas (a partir das 17h ) e quintas-feiras ( a partir das 16h ), em audiências públicas na sede do TRE-RJ, no Centro do Rio. Se discordarem do resultado, os candidatos podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Leia tudo sobre: CabralGabeiraPMDBPVresgistrogasto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG