Brasileiros no exterior já estão votando para presidente

Cerca de 200 mil brasileiros que vivem fora do País devem votar nestas eleições. Eleitores na Nova Zelândia iniciaram votação

Agência Estado |

selo

Os eleitores brasileiros que moram na Nova Zelândia iniciaram a votação para a escolha do presidente da República às 16 horas (horário de Brasília). A partir das 18 horas, será a vez dos eleitores que moram na Austrália, seguidos pelos residentes no Japão e na China, informa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os últimos eleitores no exterior a começar a votar, a partir das 12 horas de amanhã, estão em San Francisco (EUA).

Conforme levantamento do TSE, mais de 200 mil eleitores brasileiros residentes no exterior devem votar para escolher o novo presidente da República. Há eleitores brasileiros domiciliados nos cinco continentes, mas os três maiores eleitorados dos 154 municípios no exterior são Nova York (EUA) com 21.076; Lisboa (Portugal) com 12.360; e Boston (EUA) com 12.330 eleitores. Os Estados Unidos da América são o país com maior número de eleitores no exterior. São mais de 66 mil eleitores residentes em dez cidades daquele país.

O TSE alerta que o eleitor regularmente inscrito no exterior que não puder comparecer à sua seção eleitoral no dia do pleito deverá justificar sua ausência. Se não votar e deixar de justificar sua ausência, além das demais penalidades previstas para quem não vota no território nacional, o eleitor residente fora do país ficará sujeito, ainda, à proibição de requerer qualquer documento perante a repartição diplomática a que estiver subordinado, enquanto não se justificar.

    Leia tudo sobre: eleiçõesestrangeirospleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG