Brasil vai ter de engolir Tiririca, diz Aziz

Senador eleito no Amazonas, presidente do PR, defende humorista acusado de ser analfabeto

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

O presidente do Partido Republicano no Amazonas e senador reeleito Alfredo Nascimento afirmou hoje em Manaus que “o Brasil vai ter de engolir Tiririca como deputado federal pelo PR. Ele foi eleito com mais de um milhão de votos, em São Paulo. O Ministério Público vai precisar provar o analfabetismo dele,” afirmou.

Para o senador, “ninguém ganha tantos votos por acaso. O Brasil terá de aguentar Tiririca,” disse. A declaração de Alfredo Nascimento foi feita durante coletiva no final da manhã. Tiririca tem 45 anos, foi eleito com 1,35 milhões de votos, que representam 6,35% do total do eleitorado de São Paulo, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O humorista virou notícia desde o lançamento de sua candidatura, com o lema "pior não fica." Sua candidatira foi questionada por analfabetismo pela Justiça Eleitoral, embora tenha declarado ao TSE que sabe ler e escrever.

Devido ao sistema de eleição proporcional, a avalanche de votos que Tiririca recebeu dá para eleger mais três deputados federais pela coligação do PR em São Paulo, conforme a legislação partidária. São eles: Otoniel Lima e Vanderlei Siraque, ambos do PT; e o delegado afastado Protógenes Queiroz (PCdoB).

    Leia tudo sobre: eleições amalfredo nascimento amtirica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG