Publicidade dos adversários, no entanto, foi preservada pelos agressores

Placas do candidato Paulo Souto destruídas na estrada do Bem Querer, em Vitória da Conquista, Bahia
Divulgação
Placas do candidato Paulo Souto destruídas na estrada do Bem Querer, em Vitória da Conquista, Bahia
Todas as placas publicitárias da candidatura de Paulo Souto (DEM) ao governo do Estado foram destruídas na extensão da Estrada do Bem Querer, rodovia que dá acesso à Universidade Estadual do Sul da Bahia, na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste do Estado. As propagandas, que juntam a imagem do democrata à de candidatos a deputado na região e do tucano José Serra, foram parcial ou totalmente inutilizadas.

Por outro lado, todas as placas de outros candidatos ao governo permaneceram intactas, muitas delas localizadas a apenas alguns metros das do ex-governador. Em nota oficial, Paulo Souto declarou que é estranho o fato de que apenas a sua publicidade foi maculada, enquanto a dos adversários foi mantida, no que classificou como um ato meramente político.

“Tem gente que ainda não aprendeu a conviver com a democracia, vive saudosa de experiências totalitárias e a cortejar os ditadores remanescentes. Não aceitam as diferenças nem o debate de ideias. Eleição para esses indivíduos é uma guerra sem princípios”, criticou o democrata. O partido exigirá das autoridades que investiguem o fato e descubram a quem estão ligados os destruidores das placas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.